Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘O Cosmonauta’ Category

O Cosmonauta

Eu olhei pro céu e me apaixonei.

Ele sempre me via com um olho.

No dia a lua piscava. À noite, o sol, eu sei.

E ele sempre piscava com um olho.

.

Esticando a mão, eu não o tocava.

Não tinha tamanho para alcançá-lo.

Repeti minha dança até ser cosmonauta.

E então meu amor poder desfrutá-lo.

.

E, ah, como os dias eram mais lentos!

Toda minha vida não era tão devagar!

Desejo sim tirar os pés deste terreno!

E encontrar, no céu, lugar que chame de lar…

.

Atravessando o céu, risquei com giz todo o azul.

Atravessei todo o dia para onde é noite todo dia.

Cheguei perto e vi os dois olhos. E os dois olhos, tudo.

Mas, quando fui dizer: “eu te amo”, no vácuo, voz não saía.

.

Vide em meus olhos.

Eles cintilam por você.

Vide em meus olhos.

Pois, eu só vejo os seus,

.

Minhas estrelas…

Meus olhos…

Sem ar…

Ar…

22/08/09

Anúncios

Read Full Post »